Cohn-Bendit: aos 20 incendiário, aos 40 bombeiro

Daniel Cohn-Bendit, um dos participantes do movimento estudantil radical durante o maio de 1968 deixou de ser incendiário e passou a ser bombeiro, como líder do Partido Verde, agora quer ser um dos “gestores da crise”:


Comentários estão encerrados